Banner integra Softwares

Sistemas

 

Software controle e planejamento de obras

Cod.:39 - MCOF

Aplicacao:

O sistema controle de obras é um um software de planejamento, controle e execução de obras, indicado para construtoras, construtores, empreiteiros, engenheiros, mestres de obras, profissionais de obras.
O software gestor de obras possui módulo de compras, controle de estoque e financeiro, controla a execução de obras de construção civil permitindo o gerenciamento de materiais e serviços, cotações e pedidos de compras, requisições de compras geradas por calculo de produção de cada fases da obra de um cronograma em uma ficha técnica que gera um controle de ordem de serviços / produção prevendo custos, impostos, custo de profissionais internos e terceirizados associados a mão de obra.

Artigos:

1 - Como controlar estoque em Obras ?
2 -
3 - Como funciona a gestão de uma obra?

Resumo:

De forma organizacional no planejamento de obras, o sistema gestor de obras maximiza o custo-benefício e fornece rapidez na elaboração dos orçamentos, eliminando incertezas e atrasos. Logo, em uma plataforma de gestão, você pode determinar processos, equipe, local e materiais necessários para uma obra ou determinada fase dela.
Depois, é possível combinar as variáveis de forma coerente, afinal a Engenharia Civil é uma ciência exata e não pode trabalhar baseada em suposições. Desde já, é imprescindível operar com confiança para se obter o custo.
A tecnologia também ajuda você a saber quais serão a quantidade de material, serviços , profissionais, tempo previsto para execução necessários em uma obra: alocar a equipe, levantar custos adicionais por fase, planejar a evolução física-financeira e estipular prazos. Assim, tudo isso ocorre de modo preciso e prático, a depender da solução utilizada.

Breve comentário:

Elabore Orçamentos, Controle Custos e Faça a Gestão de Suas Obras
Com a ajuda de nosso software é possível unir o controle de obras à gestão da construtora. O que simplifica desde o controle financeiro e planejamento até o trabalho de quem precisa saber como administrar uma obra dentro do canteiro.
Quer diminuir erros e organizar melhor o trabalho da sua equipe, além de controlar melhor todos os processos a partir de um só lugar? Ao usar tecnologias de gestão de obras e projetos isso já é possível. Algumas delas, inclusive, funcionam em nuvem e podem ser acessadas de onde você estiver.
Com a utilização do sistema, você vai ver que ficará muito mais fácil e rápido registrar medições, controlar o fluxo de caixa, estoque, fornecedores e fazer comparações entre o que foi planejado e executado.

Objetivo:

O principal objetivo do sistema controle de obras é garantir que a execução dos serviços se dê corretamente, de acordo com as especificações técnicas presentes em projeto, evitando retrabalhos e gastos desnecessários.
Utilizar um software de gestão de obras é uma ótima forma de garantir bons resultados otimizando tempo, custos e lucros
O programa de gestão, controle e planejamento de obras garantirá a redução do tempo gasto em tarefas que podem ser previstas e otimizadas emao grupo de trabalho, integrando termos e metas atingindo bons resultados em sua empresa.

Solicitar o Teste e uma proposta

Clique aqui para Solicitar o Download e avaliar este sistema

Apresentação:.

Video Aula detalhada do sistema

Descricao:

Software Controle de Obras com Compras Financeiro Estoque Controle e Execução de Obras para construção civil
Software Construtora , gestor de obra, Sistema para construtoras, programa para construtora
Gerenciamento de Materiais e Serviços, cotações, pedidos de compras, requisições de almoxarifado, Ficha Técnica, cronograma e controle de Ordem de Serviços de cada fase da Obra.
Software completo de Compras no apoio do controle de gastos da obra.
Cadastro Detalhado de Fornecedores.
Cadastro Detalhado de Clientes.
Cadastro de Serviços Terceirizados.
Cadastro de Serviços internos
Cadastro de Produtos com controle de estoque, Imagens (3) de produtos, Ficha Técnica do produto, custos, etc.
Gerador e leitor de Códigos de Barras EAN 13 - 8.
Cadastro de Compradores.
Cadastro de profissionais.
Cadastro de Obras.
Lançamentos
Financeiro completo
Cadastro de Fases da Obra com check list.
Gera Cotações Manualmente e Automático em Base de Dados.
Gera pedidos melhor preço, melhor prazo a partir de concorrência em cotações e Preço médio.
Gera pedido Automático ou Manualmente.
Requisição de Compras pela ficha técnica em pedidos e cotações.
Almoxarifado, controle de estoque, requisição.
Gera planilhas em EXEL, World, TXT, PDF.
SenMail, envia cotações atachadas para fornecedores, por categorias.
Requisição Almoxarifado, Leitura de Código de barras EAN 13 - 8.
Agenda de Compras, Gerenciador de Visitas de Fornecedores.
Etiquetas Mala Diretas.
Ordem de Serviços completa associada a ficha técnica, fases da obra e cronograma com check list.
SLA controle de tempo por fase da Obra, iso 9000.
Relatórios diversos de custos por fase, totalizado por Obra.
Documentos, upload, scanner de plantas, documentos diversos, etc.
Fotografias de fases da obra associada ao cronograma, upload direto de seu micro.
Requisições de almoxarifado por obra, fase e destino.

Detalhes:

Níveis de Hierarquia no Gerenciamento
Live Update eletrônico de Novas Versões
Log de ações no controle de usuários
Funcionamento em Rede, Nuvem e Remoto
Visualização da Impressão Gráfica
Backup ativado ou programado local e nuvem
Relacionamento de Dados
Tratamento e Compactação de Dados
Pagamento único, Sem mensalidades e Sem Anuidades

Palavras chaves:

Software para engenharia civil, Controle de Obras ordem de produção, Software para construtoras, Software para engenheiros civil, Compras, Financeiro, Controle de Estoque, Produção,, Controle e Execução de Obras Software planejamento de obras, programa para construtora, Sistema para construtora, Software execução de obras, Sistema para construtoras, Planilhas de obras, Software para construtora, programa para construtora, gestor de obras, gestão de obras, software para produção, software gestor de obras, software gestão de obras, Software controle e planejamento de obras ordem de produção fichas técnicas cronograma compras financeiro e controle de estoque

Tags:

#softwareparaengenheiros #softwareparaengenhariacivil #engenhariacivil #softwareconstruçãocivil #softwarecontroledeobras #softwareplanejamentodeobras #planilhasdeobras #sistemaparaconstrutoras #softwareparaconstrutoras #softwareconstrutora #sistemacontroledeobras #programaparaconstrutoras #sistemagestãodeobras #softwaregestãodeobras #programagestãodeobras #gestordeobras

Artigos:

Controlar o estoque na construção civil pode ser um grande desafio e nao sendo bem feito poderá causar prejuízos para o seu negócio. Como controlar o seu controle de estoque?
Sua construtora tem em estoque tudo que é necessário para o projeto que vai ser iniciado? O que acontece se os materiais acabam no meio de uma obra e é preciso aguardar o fornecedor? A construtora está preparada para evitar esse tipo de atraso?
Essas podem parecer perguntas simples e óbvias, mas em meio às diversas responsabilidades do dia a dia de uma construtora o estoque pode acabar em segundo plano. Não ter controle de estoque na construção pode ser um dos maiores riscos enfrentados pelos negócios.
Prazos e orçamentos sob controle e dentro do planejado são o ponto de partida para o sucesso dos projetos de qualquer construtora. Esse sucesso depende de uma análise detalhada de elementos e uma gestão de obra eficiente para acontecer.
O debate sobre gestão de obra é longo e não são poucas as ferramentas que auxiliam para que a construtora alcance o máximo em qualidade e lucratividade, mas nada disso basta se não existe uma gestão eficiente, também, de setores internos.
Enquanto o foco de muitas construtoras está no departamento financeiro ou no marketing, uma vantagem competitiva pode ser complementar a qualidade da gestão de estoque. Redução de prejuízo, aumento de lucratividade e excelência de resultados são a base para crescer no mercado da construção civil.
Descubra aqui como melhorar o controle do estoque e otimizar todos os resultados das obras.
Entra um sai um: entendendo o controle de estoque na construção
O controle de estoque na construção civil é a principal forma que as construtoras possuem para garantir o controle da compra e uso de materiais nas obras. Por esse motivo, impacta muito o planejamento de projetos, o controle de cronograma e no orçamento apresentado ao cliente.
Atrasos e obras são uma das principais preocupações de engenheiros e construtoras ao realizar um projeto e são o principal resultado da falta desse controle.
Imagine a construção de um prédio: o pedido de material para o fornecedor é feito considerando o que se tem no estoque. Já se sabe que depois de algumas semanas, por falta de espaço para armazenagem, será necessário levar para o canteiro mais cimento. O responsável da obra conta com o material em estoque, mas ele é utilizado em um outro projeto e, por falta de controle, essa saída não é notificada.
A falta do material em estoque, nesse caso, só será notada quando o cimento for necessário. Como ele não está mais em estoque será necessário fazer um novo pedido ao fornecedor e ele pode informar que não possui a quantidade necessária pronta entrega.
O resultado, então, é a espera para que o material chegue, podendo causar uma paralisação da obra de alguns dias. Em uma obra com o cronograma apertado, essa espera é, na verdade, atraso. A construtora terá que pagar pelos dias a mais da mão de obra e, dependendo dos termos do contrato do projeto, uma multa compensatória pelo atraso.
Talvez os trabalhadores façam os serviços de maneira mais rápida para compensar esse atraso, mas isso sempre significa menos cuidado, que se reflete no acabamento e na qualidade final do projeto, prejudicando a reputação da construtora. Acredite, o cliente vai notar.
Assim, controlar a entrada e saída de materiais no estoque é uma forma de garantir que o planejamento criado seja cumprido, trazendo maior segurança para a obra.
Além disso, permite trabalhar com estoque mínimo, ou seja, sem acúmulo de grandes volumes de materiais, o que exige mais espaço. No estoque mínimo, a medida que os materiais saem para serem usados em projetos eles são repostos, deixando ali o suficiente para suprir emergências dos projetos.
Mexendo no bolso: como o estoque organizado beneficia o planejamento financeiro
Mais do que eliminar os custos de atrasos, a gestão de estoque garante uma melhor organização no departamento financeiro da construtora. A organização dos recursos financeiros na construção civil depende muito de controle de gastos e da relação entre custo e benefício dos materiais comprados para as obras.
Com a organização do estoque, é possível garantir que a compra de materiais não seja feita de forma emergencial, aumentando as possibilidades de adquirir materiais com custo mais baixo sem necessitar abrir mão de qualidade. O poder de negociação de prazos de pagamento e descontos com o fornecedor se torna maior.
Para que o financeiro tenha esse controle é necessário ter uma movimentação de estoque detalhada. O responsável deve sempre documentar compras realizadas, materiais retirados do estoque para uso e transferências para outros locais.
O responsável pelo estoque deve ser alguém de confiança, organizado e responsável. Não é uma tarefa simples realizar esse controle, o volume de dados e detalhes é grande e os materiais são variados.
Esse é um dos pontos mais importantes para se entender como funciona tudo, principalmente do ponto de vista financeiro. Quando falamos em estoque não nos referimos só a cimento, cal, areia e outros materiais de construção. É preciso considerar equipamentos de proteção, maquinário como serras e furadeiras, além de todos os materiais de escritório: papéis, clips, canetas, tinta para impressora e outros.
Documentar cada movimentação é essencial. Não é possível contar com aquele empréstimo rapidinho, confiar que tudo será devolvido. É preciso sempre saber o que foi retirado, para que foi retirado, quem retirou e quando o fez. Lembre-se: cada clips de papel tem um custo para a construtora e pode impactar o fechamento das contas.

Um controle eficiente, então, depende de três documentos principais:

Entrada em estoque

Toda vez que um material ou equipamento for adquirido é necessário marcar a ordem de compra, onde consta valor, fornecedor, dados do produto e data de aquisição e entrega, especificando quem fez o recebimento do material. A essa ordem é sempre importante anexar a nota fiscal.

Saída de estoque

Deve detalhar cada material que é utilizado na obra, apresentando no documento seu preço, para qual projeto ou setor foi enviado e quem fez a retirada. É importante detalhar, principalmente, quem fez a retirada e quem recebeu no canteiro de obra. Dessa forma é possível controlar a necessidade de realizar uma compra para reposição ou se a devolução, em caso de equipamentos, foi feita.

Transferências

Em alguns casos, materiais e equipamentos saídos do estoque não retornam antes de serem retirados depois, sendo muito importante acompanhar essas situações.
Pense em uma construtora que está finalizando uma obra ao mesmo tempo que inicia outra, em uma outra parte da cidade, com as mesmas características. Duas casas, por exemplo, uma na etapa de acabamento e outra que acabou de finalizar alicerces, em que as paredes estão começando a ser construídas.
Pode acontecer de sobrarem tijolos da primeira obra, que serão necessários para a segunda. Os custos de transportar tudo de volta para o estoque e, depois, enviar para a outra obra podem ser altos, tanto em termos de dinheiro quanto de tempo.
Com o documento de transferência esse material pode ser enviado diretamente do projeto A para o projeto B, sem que se perca o controle da entrada e saída de tijolos de estoque.
Com todas essas etapas o financeiro se organiza com as compras, fluxo de caixa e redução de desperdícios. Além disso, como já mencionamos, os custos decorrentes de atrasos no cronograma são eliminados, não impactando nem o orçamento da obra, nem o orçamento da construtora.

Controle de estoque: como ter os melhores resultados?

Como é possível perceber, a gestão de estoque é essencial para manter o alinhamento do planejamento dos projetos e garantir lucratividade e crescimento, evitando prejuízos e atrasos.
Acompanhe 4 dicas principais para garantir que o estoque funcione de maneira correta e que garanta à construtora os melhores resultados.
Inventário de materiais; cuidados com o armazenamento dos materiais; controle sobre a entrada e saída de materiais; entre outras.

1. Organizando a casa

Organizar e gerenciar todo o conteúdo do inventário é uma tarefa complicada. São diferentes materiais e equipamento disponíveis e cada item tem sua importância.
Por isso, o primeiro passo para um controle de estoque é saber quais são os produtos armazenados e classificá-los, montando um sistema de organização que facilite encontrar e repor materiais, reduzindo as chances de erros serem cometidos.
O inventário, geralmente, é feito por meio da curva ABC, como já mencionamos em conteúdos do blog. Nesse sistema, o preço e a importância de ter o produto em estoque é dividido em três categorias:

Categoria A são os produtos que representam 70% ou mais do dinheiro investido no estoque. Mais caros, frágeis ou necessários, exigem um cuidado especial na armazenagem e sua perda pode custar muito para o orçamento da construtora.

Categoria B são produtos que custaram entre 20% e 10% do orçamento, possuem algumas exigências de armazenamento e são um pouco mais resistentes, mas ainda exigem certo cuidado no tratamento e transporte, como é o caso de tijolos, tintas, telhas e madeira.

Categoria C representa entre 10% e 5% do orçamento, são produtos mais simples e baratos e que não possuem muitas exigências e cuidados, como é o caso da papelaria do escritório, pregos, parafusos, martelos e outros.

É importante considerar, ainda, a facilidade de reposição. Se o produto em questão geralmente não tem pronta entrega, ele deve ser colocado na categoria A, uma vez que vai exigir um planejamento a mais para não faltar.

2. Cada coisa tem seu lugar

A forma como os produtos são armazenados é outro controle essencial para o estoque. Existem produtos que não podem ficar expostos ao sol, em ambientes muito quentes ou em áreas úmidas. Existem aqueles que são pequenos, como pregos, e que podem ser perdidos se não estiverem em uma caixa adequada.
O armazenamento deve ser pensado, ainda, não só para o estoque externo aos projetos, as nos espaços usados nos canteiros de obra. A areia comprada para a construção que não é guardada de maneira correta pode se perder caso chova ou em dias de ventos fortes, por exemplo.
Organizar as datas de saída de estoque e o local de destino previne esse tipo de acidente, evitando que materiais que não são de uso imediato sejam colocados em espaços impróprios.
Considerar as características dos materiais e o que eles exigem é, assim, uma forma de melhorar o controle do estoque e reduzir desperdícios que impactem os projetos e a construtora.

3. Materiais e equipamentos não devem passear por aí

Quanto menos os materiais forem movimentados, menores os riscos de perdas ou danos. O espaço do estoque deve ser pensado para facilitar a circulação dos responsáveis e a entrada e saída de materiais.
O trajeto de uma obra para a outra também deve ser considerado e controlado por meio de documentos de transferência. Assim, é possível controlar melhor o uso dos insumos ao mesmo tempo que se pensa em reduzir riscos a sua integridade física.
Não é possível construir um telhado se as telhas estiverem quebradas por terem sido carregadas de um lado para o outro sem parar e armazenadas de maneira incorreta, certo?

4. Organização depende de dados e controles

Essa costuma ser a parte mais chata do controle de estoque: documentar tudo. Ter todos os dados de entrada, saída e transferência de materiais é essencial. Já comentamos como esse controle beneficia o financeiro, mas existe um segundo ponto. Apenas documentando processos em detalhes é possível ver onde estão as falhas.
Corrigir erros no uso do espaço de armazenagem ou prazos de reposição de materiais depende de saber o que sai com mais frequência, o que demora mais para ser entregue e quais produtos tem muita variação de preço. Com todos os dados e controles por escrito fica muito mais simples de otimizar todos esses processos.
Controle de estoque na construção pode ser fácil. Que tal usar a ferramenta certa? Se é mais eficiência que a construtora precisa, o controle de estoque, com certeza, é o primeiro passo. Claro, anotar em pedaços de papel e criar arquivos é um gasto de espaço e dinheiro grande e torna tudo mais difícil. Nessa hora, só a tecnologia para salvar o dia do responsável.
Controlar tudo por meio de planilhas completas ou aplicativos para computador e celular deixa o processo de colocar informações e atualizar constantemente o estoque mais simples. Esse controle garante gastar menos tempo, sendo uma boa forma de melhorar, ainda mais, a redução de custos na construção civil.

Controlar o estoque na construção civil pode ser um grande desafio e causar prejuízos para a construtora.

Como controlar o estoque na construção civil?

Sua construtora tem em estoque tudo que é necessário para o projeto que vai ser iniciado? O que acontece se os materiais acabam no meio de uma obra e é preciso aguardar o fornecedor?
A construtora está preparada para evitar esse tipo de atraso?
Essas podem parecer perguntas simples e óbvias, mas em meio às diversas responsabilidades do dia a dia de uma construtora o estoque pode acabar em segundo plano. Não ter controle de estoque na construção pode ser um dos maiores riscos enfrentados pelos negócios.
Prazos e orçamentos sob controle e dentro do planejado são o ponto de partida para o sucesso dos projetos de qualquer construtora. Esse sucesso depende de uma análise detalhada de elementos e uma gestão de obra eficiente para acontecer.
O debate sobre gestão de obra é longo e não são poucas as ferramentas que auxiliam para que a construtora alcance o máximo em qualidade e lucratividade, mas nada disso basta se não existe uma gestão eficiente, também, de setores internos.
Enquanto o foco de muitas construtoras está no departamento financeiro ou no marketing, uma vantagem competitiva pode ser complementar a qualidade da gestão de estoque. Redução de prejuízo, aumento de lucratividade e excelência de resultados são a base para crescer no mercado da construção civil.
Descubra aqui como melhorar o controle do estoque e otimizar todos os resultados das obras.
Entra um sai um: entendendo o controle de estoque na construção
O controle de estoque na construção civil é a principal forma que as construtoras possuem para garantir o controle da compra e uso de materiais nas obras. Por esse motivo, impacta muito o planejamento de projetos, o controle de cronograma e no orçamento apresentado ao cliente.
Atrasos e obras são uma das principais preocupações de engenheiros e construtoras ao realizar um projeto e são o principal resultado da falta desse controle.
Imagine a construção de um prédio: o pedido de material para o fornecedor é feito considerando o que se tem no estoque. Já se sabe que depois de algumas semanas, por falta de espaço para armazenagem, será necessário levar para o canteiro mais cimento. O responsável da obra conta com o material em estoque, mas ele é utilizado em um outro projeto e, por falta de controle, essa saída não é notificada.
A falta do material em estoque, nesse caso, só será notada quando o cimento for necessário. Como ele não está mais em estoque será necessário fazer um novo pedido ao fornecedor e ele pode informar que não possui a quantidade necessária pronta entrega.
O resultado, então, é a espera para que o material chegue, podendo causar uma paralisação da obra de alguns dias. Em uma obra com o cronograma apertado, essa espera é, na verdade, atraso. A construtora terá que pagar pelos dias a mais da mão de obra e, dependendo dos termos do contrato do projeto, uma multa compensatória pelo atraso.
Talvez os trabalhadores façam os serviços de maneira mais rápida para compensar esse atraso, mas isso sempre significa menos cuidado, que se reflete no acabamento e na qualidade final do projeto, prejudicando a reputação da construtora. Acredite, o cliente vai notar.
Assim, controlar a entrada e saída de materiais no estoque é uma forma de garantir que o planejamento criado seja cumprido, trazendo maior segurança para a obra.
Além disso, permite trabalhar com estoque mínimo, ou seja, sem acúmulo de grandes volumes de materiais, o que exige mais espaço. No estoque mínimo, a medida que os materiais saem para serem usados em projetos eles são repostos, deixando ali o suficiente para suprir emergências dos projetos.
Mexendo no bolso: como o estoque organizado beneficia o planejamento financeiro
Mais do que eliminar os custos de atrasos, a gestão de estoque garante uma melhor organização no departamento financeiro da construtora. A organização dos recursos financeiros na construção civil depende muito de controle de gastos e da relação entre custo e benefício dos materiais comprados para as obras.
Com a organização do estoque, é possível garantir que a compra de materiais não seja feita de forma emergencial, aumentando as possibilidades de adquirir materiais com custo mais baixo sem necessitar abrir mão de qualidade. O poder de negociação de prazos de pagamento e descontos com o fornecedor se torna maior.
Para que o financeiro tenha esse controle é necessário ter uma movimentação de estoque detalhada. O responsável deve sempre documentar compras realizadas, materiais retirados do estoque para uso e transferências para outros locais.
O responsável pelo estoque deve ser alguém de confiança, organizado e responsável. Não é uma tarefa simples realizar esse controle, o volume de dados e detalhes é grande e os materiais são variados.
Esse é um dos pontos mais importantes para se entender como funciona tudo, principalmente do ponto de vista financeiro. Quando falamos em estoque não nos referimos só a cimento, cal, areia e outros materiais de construção. É preciso considerar equipamentos de proteção, maquinário como serras e furadeiras, além de todos os materiais de escritório: papéis, clips, canetas, tinta para impressora e outros.
Documentar cada movimentação é essencial. Não é possível contar com aquele empréstimo rapidinho, confiar que tudo será devolvido. É preciso sempre saber o que foi retirado, para que foi retirado, quem retirou e quando o fez. Lembre-se: cada clips de papel tem um custo para a construtora e pode impactar o fechamento das contas.

Um controle eficiente, então, depende de três documentos principais:

Entrada em estoque

Toda vez que um material ou equipamento for adquirido é necessário marcar a ordem de compra, onde consta valor, fornecedor, dados do produto e data de aquisição e entrega, especificando quem fez o recebimento do material. A essa ordem é sempre importante anexar a nota fiscal.

Saída de estoque

Deve detalhar cada material que é utilizado na obra, apresentando no documento seu preço, para qual projeto ou setor foi enviado e quem fez a retirada. É importante detalhar, principalmente, quem fez a retirada e quem recebeu no canteiro de obra. Dessa forma é possível controlar a necessidade de realizar uma compra para reposição ou se a devolução, em caso de equipamentos, foi feita.

Transferências

Em alguns casos, materiais e equipamentos saídos do estoque não retornam antes de serem retirados depois, sendo muito importante acompanhar essas situações.
Pense em uma construtora que está finalizando uma obra ao mesmo tempo que inicia outra, em uma outra parte da cidade, com as mesmas características. Duas casas, por exemplo, uma na etapa de acabamento e outra que acabou de finalizar alicerces, em que as paredes estão começando a ser construídas.
Pode acontecer de sobrarem tijolos da primeira obra, que serão necessários para a segunda. Os custos de transportar tudo de volta para o estoque e, depois, enviar para a outra obra podem ser altos, tanto em termos de dinheiro quanto de tempo.
Com o documento de transferência esse material pode ser enviado diretamente do projeto A para o projeto B, sem que se perca o controle da entrada e saída de tijolos de estoque.
Com todas essas etapas o financeiro se organiza com as compras, fluxo de caixa e redução de desperdícios. Além disso, como já mencionamos, os custos decorrentes de atrasos no cronograma são eliminados, não impactando nem o orçamento da obra, nem o orçamento da construtora.

Controle de estoque: como ter os melhores resultados?

Como é possível perceber, a gestão de estoque é essencial para manter o alinhamento do planejamento dos projetos e garantir lucratividade e crescimento, evitando prejuízos e atrasos.
Acompanhe 4 dicas principais para garantir que o estoque funcione de maneira correta e que garanta à construtora os melhores resultados.
Inventário de materiais; cuidados com o armazenamento dos materiais; controle sobre a entrada e saída de materiais; entre outras.

1. Organizando a casa

Organizar e gerenciar todo o conteúdo do inventário é uma tarefa complicada. São diferentes materiais e equipamento disponíveis e cada item tem sua importância.
Por isso, o primeiro passo para um controle de estoque é saber quais são os produtos armazenados e classificá-los, montando um sistema de organização que facilite encontrar e repor materiais, reduzindo as chances de erros serem cometidos.
O inventário, geralmente, é feito por meio da curva ABC, como já mencionamos em conteúdos do blog. Nesse sistema, o preço e a importância de ter o produto em estoque é dividido em três categorias:

Categoria A são os produtos que representam 70% ou mais do dinheiro investido no estoque. Mais caros, frágeis ou necessários, exigem um cuidado especial na armazenagem e sua perda pode custar muito para o orçamento da construtora.

Categoria B são produtos que custaram entre 20% e 10% do orçamento, possuem algumas exigências de armazenamento e são um pouco mais resistentes, mas ainda exigem certo cuidado no tratamento e transporte, como é o caso de tijolos, tintas, telhas e madeira.

Categoria C representa entre 10% e 5% do orçamento, são produtos mais simples e baratos e que não possuem muitas exigências e cuidados, como é o caso da papelaria do escritório, pregos, parafusos, martelos e outros.

É importante considerar, ainda, a facilidade de reposição. Se o produto em questão geralmente não tem pronta entrega, ele deve ser colocado na categoria A, uma vez que vai exigir um planejamento a mais para não faltar.

2. Cada coisa tem seu lugar

A forma como os produtos são armazenados é outro controle essencial para o estoque. Existem produtos que não podem ficar expostos ao sol, em ambientes muito quentes ou em áreas úmidas. Existem aqueles que são pequenos, como pregos, e que podem ser perdidos se não estiverem em uma caixa adequada.
O armazenamento deve ser pensado, ainda, não só para o estoque externo aos projetos, as nos espaços usados nos canteiros de obra. A areia comprada para a construção que não é guardada de maneira correta pode se perder caso chova ou em dias de ventos fortes, por exemplo.
Organizar as datas de saída de estoque e o local de destino previne esse tipo de acidente, evitando que materiais que não são de uso imediato sejam colocados em espaços impróprios.
Considerar as características dos materiais e o que eles exigem é, assim, uma forma de melhorar o controle do estoque e reduzir desperdícios que impactem os projetos e a construtora.

3. Materiais e equipamentos não devem passear por aí

Quanto menos os materiais forem movimentados, menores os riscos de perdas ou danos. O espaço do estoque deve ser pensado para facilitar a circulação dos responsáveis e a entrada e saída de materiais.
O trajeto de uma obra para a outra também deve ser considerado e controlado por meio de documentos de transferência. Assim, é possível controlar melhor o uso dos insumos ao mesmo tempo que se pensa em reduzir riscos a sua integridade física.
Não é possível construir um telhado se as telhas estiverem quebradas por terem sido carregadas de um lado para o outro sem parar e armazenadas de maneira incorreta, certo?

4. Organização depende de dados e controles

Essa costuma ser a parte mais chata do controle de estoque: documentar tudo. Ter todos os dados de entrada, saída e transferência de materiais é essencial. Já comentamos como esse controle beneficia o financeiro, mas existe um segundo ponto. Apenas documentando processos em detalhes é possível ver onde estão as falhas.
Corrigir erros no uso do espaço de armazenagem ou prazos de reposição de materiais depende de saber o que sai com mais frequência, o que demora mais para ser entregue e quais produtos tem muita variação de preço. Com todos os dados e controles por escrito fica muito mais simples de otimizar todos esses processos.
Controle de estoque na construção pode ser fácil. Que tal usar a ferramenta certa? Se é mais eficiência que a construtora precisa, o controle de estoque, com certeza, é o primeiro passo. Claro, anotar em pedaços de papel e criar arquivos é um gasto de espaço e dinheiro grande e torna tudo mais difícil. Nessa hora, só a tecnologia para salvar o dia do responsável.
Controlar tudo por meio de planilhas completas ou aplicativos para computador e celular deixa o processo de colocar informações e atualizar constantemente o estoque mais simples. Esse controle garante gastar menos tempo, sendo uma boa forma de melhorar, ainda mais, a redução de custos na construção civil.

Gestão de obras é um tipo de serviço contínuo e dinâmico, que tem como foco a efetivação de projetos de arquitetura e engenharia e suas execuções.
É a melhor garantia para que tudo se materialize no tempo proposto, e dentro do orçamento que foi estipulado. Cada etapa de uma obra precisa ser bem planejada, para que tudo saia corretamente, de acordo com o esperado. Ainda bem que existem profissionais, com conhecimentos em campos específicos, que podem fazer isso acontecer.
Em se tratando da construção civil, não pode haver improvisos.
No Brasil, de acordo com a Lei 5.194, de 1996, arquitetos e engenheiros civis têm a atribuição de realizar gerenciamento de obras.
Como gerenciar obras para evitar imprevistos e fazer suas entregas sempre no prazo e com alta qualidade?
Saber gerenciar obra é importante, mas cobrar adequadamente por esses serviços também.

Mas o que é gestão de obras, na prática?

O gerenciamento de obras envolve a administração de tempo, recursos e equipe para que haja o cumprimento do cronograma de obra e a previsão financeira dados no orçamento.
A maioria das pessoas não sabe dizer o que é gestão de obra, muito menos quais são os seus pontos mais cruciais. E isso é normal, até porque se trata de uma tarefa bem complexa.
Por isso, tenha em mente que o futuro se planeja. Mas, o presente se gerencia!
Planejar é traçar objetivos. Mas, gerenciar é realizar objetivos!
Assumir a gestão da obra é uma garantia de que a execução seguirá o projeto à risca, o que beneficia não apenas o autor, mas também seu contratante.
A gestão de obras bem sucedida deve conseguir detectar problemas e vislumbrar alternativas para as situações mais difíceis, antecipadamente.
Com a atuação do gestor, do início ao fim, do planejamento à entrega das chaves, há mais chances da construtora cumprir todas as diretrizes e metas.
O fator humano e técnico são fundamentais para isso. Não há como gerenciar obras se privilegiar o trabalho em equipe.

E como gerenciar obras?

Gerir uma obra não é apenas controlar os recursos pessoais ou materiais.
Há muitas outras questões importantes que precisam ser dominadas e administradas pelo profissional, como a qualidade das tarefas que estão sendo executadas no canteiro.
Simultaneamente à isso, ele deve lidar com o controle orçamentário, a contratação de pessoas e equipamentos terceirizados, e a comunicação interna da empresa.

Há várias escalas de gestão de uma obra.

O modelo mais adequado deve ser definido, previamente, entre todas as partes envolvidas.
Pode-se fazer apenas a gestão parcial de uma obra, ficando certos pontos sob responsabilidade do engenheiro ou arquiteto e outros do cliente. Ou então, pode-se fazer a gestão total, o que for mais adequado para cada situação.

O perfil e os desafios do gestor de obras

Cada construtora pode ter um setor com pessoas da área administrativa, financeira, comercial e de produção.

Agora, se ela optar por ter um gestor, este deve ter uma série de características:

Habilidades necessárias para a gestão de obras, Organização, Saber lidar com as pessoas, Ter conhecimentos amplos e multidisciplinares, Ser experiente e bem treinado, Capacidade para suportar situações difíceis (resiliência), Saber aplicar as metodologias e ferramentas necessárias.
O gestor será sempre responsável por muitas negociações. Então, ele não pode hesitar na hora de planejar e investir em suas ideias. Sem essa iniciativa, não há como gerenciar obras.
É ele que controlará o andamento do projeto.

Veja as responsabilidades principais do gestor de uma obra:

Contratar e treinar a mão de obra, Fazer a compra de materiais, Coordenar as etapas de produção, Controlar o orçamento, Estar atento ao cronograma, Delegar responsabilidades, Supervisionar o cumprimento das tarefas
. Normalmente, muitas empresas chegam ao fim de um serviço sem entender os motivos dos seus erros.
Quando um gestor falha, as perdas financeiras e emocionais, além de qualidade da obra, podem ser irreparáveis.
E cumprir bem o seu trabalho é um desafio, já que muitos colegas nem sempre se comprometem igualmente.
Também há os clientes que, muitas vezes, ficam apressando para que a obra fique concluída rapidamente.
Saber como gerenciar obras é um desafio para o qual poucos estão preparados. Suas ações devem ser precisas, mas também flexíveis em certas questões.
Uma boa estratégia é aderir a uma política de comunicação aberta, encorajando todos os membros da equipe a expressarem suas opiniões e preocupações.
Isso reduz, significativamente, o risco de erros.
Hoje, a obra ainda é feita de forma artesanal no Brasil, é utilizada pouca industrialização, o que torna comum o surgimento de problemas. Caso haja presença e atuação de gestão, é possível contornar esses obstáculos sem maiores percalços.

Aplicativos para gerenciamento de obras

é impossível gerenciar obras sem auxílio da tecnologia.

Ela está evoluindo em todas as áreas e supre também as necessidades da construção civil e da arquitetura.
Décadas atrás, nem se falava em gerenciamento de obras. Agora, existem softwares capazes de ajudar engenheiros e arquitetos em seu dia a dia.


Produtos relacionados por categoria: Produção


Software controle e gerenciamento de projetos e comunicações em obras

Software controle e planejamento de obras

Software para estrutura metálicas gestor de obras estruturas

Software para produção Software de produção


Produtos relacionados por Sub categoria: Serviços


Software confecção controle de estoque e vendas c/ grade

Software controle e planejamento de obras

Software de manutenção de equipamentos e máquinas CNC

Software Guarda Móveis Software Self Storage

Software Locação banheiro químico locação banheiros químico com O.S.

Software locação com rastreador gps bloqueador com chip

Software locação de andaimes equipamentos com O.S. e Vendas

Software locação de andaimes equipamentos ordem de serviços

Software locação de máqiuinas equipamentos para limpeza

Software manutenção de frotas controle de manutenção frotas

Software manutenção interna software manutenção de máquinas

Software para estrutura metálicas gestor de obras estruturas

Software para funilaria lanternagem ordem de serviços

Software para produção Software de produção


Produtos relacionados para palavra chave: Obras


Software controle e planejamento de obras

Software Locação andaimes máquinas equipamentos betoneiras

Software locação de andaimes equipamentos com O.S. e Vendas

Software Locação de andaimes equipamentos máquinas andaimes

Software locação de equipamentos máquinas e andaimes

Software locação Terceirizada de equipamentos e materiais

Software Portaria identificação e controle de acessos em Obras







Quem Somos ?

Integra Softwares
Softwares de Gestão

Seja Benvindo ao nosso Website

A Integra Softwares esta situada na cidade de Campinas, SP e atua no mercado de Softwares a mais de 20 anos
Criamos possibilidades viáveis para o mercado de pequenas e medias empresas em diversos campos de atuação.
Atendemos diretamente as instituições públicas, privadas e do terceiro setor.
Oferecemos soluções práticas em projetos customizáveis de acordo com a sua necessidade.
Apresentamos neste site, um portfolio completo de sistemas prontos, testados e aprovados por nossos clientes.
Podemos lhe oferecer a solução necessária e desejada em um espaço curto de tempo e a um custo muito competitivo.
Sinta-se à vontade para testar nossos produtos ou entrar em contato.

Estaremos prontos em atende-lo!




Suporte

Ajuda Rápida

Como solicitar um teste gratuito ?

Solicite aqui um teste pelo WhatsApp !

Como testar o sistema que baixei e instalei em meu computador ?

Obtenha suporte e treinamento disponível 24 hs através de video aulas

Acesse aqui todas as Vídeo Aulas

Interesse De Compra

Gostei do sistema, como comprar um software que eu testei ?

Confira aqui como é fácil e viável adquiri-lo sem taxas mensais e sem taxas anuais !

Instalar uma Webcam

Sua webcam não esta funcionando em algum de nossos sistemas?

Veja aqui Tutorial para instalar sua Webcam

Código de Barras

Todos sistemas podem gerar códigos de barras QRCode, C39, EAN 8,13

Veja aqui Informações sobre gerar códigos de barras QRCode, C39, EAN 8,13

SQL Server

Todos sistemas podem utilizar SQL server ?

Veja aqui Informações sobre projetos utilizando SQL Server

Configurar o Send Mail

Configurar o smtp de envio de emails

Vídeo Aula do Send Mail

Automação

Manuais e drives para automação USB instalação de placas e dispositivos para softwares de controle de acesso

Veja aqui informações sobre automação

Atualização do sistema

Realizando o Live Update e/ou Upgrade do sistema

Vídeo aula do Live Update do sistema



Contato

Entre em contato por Celular

(19) 982868388

Entre em contato por e-mail

e-mail

Entre em contato pelo whatsapp

Whatsapp
>



Política de Privacidade

É política de nossa empresa respeitar a sua privacidade em relação a qualquer informação sua que possamos coletar no site Integrasoftwares, e outros sites que possuímos e operamos.
Solicitamos informações pessoais apenas quando realmente precisamos delas para lhe fornecer um serviço.
Fazemo-lo por meios justos e legais, com o seu conhecimento e consentimento.
Também informamos por que estamos coletando e como será usado.
Apenas retemos o numero do telefone para atendiento por whatsapp para fornecer o serviço solicitado de Download para testes, Suporte e Treinamentos para clientes.
Quando armazenamos dados, protegemos dentro de meios comercialmente aceitáveis ​​para evitar perdas e roubos, bem como acesso, divulgação, cópia, uso ou modificação não autorizados.
Não compartilhamos informações de identificação pessoal publicamente ou com terceiros, exceto quando exigido por lei.
O nosso site pode ter links para sites externos que não são operados por nós.
Esteja ciente de que não temos controle sobre o conteúdo e práticas desses sites e não podemos aceitar responsabilidade por suas respectivas políticas de privacidade.
Você é livre para recusar a nossa solicitação de contato para efetivar o download, entendendo que talvez não possamos fornecer alguns dos serviços desejados.
O uso continuado de nosso site será considerado como aceitação de nossas práticas em torno de sua privacidade.

Se você tiver alguma dúvida, entre em contacto conosco.

Política de Cookies Integrasoftwares
O que são cookies?
Como é prática comum em quase todos os sites profissionais, este site usa cookies, que são pequenos arquivos baixados no seu computador, para melhorar sua experiência.
Esta página descreve quais informações eles coletam, como as usamos e por que às vezes precisamos armazenar esses cookies.
Também compartilharemos como você pode impedir que esses cookies sejam armazenados, no entanto, isso pode fazer o downgrade ou 'quebrar' certos elementos da funcionalidade do site.

Como usamos os cookies? Utilizamos cookies por alguns motivos, detalhados abaixo.

Este site usa o Google Analytics
As análises do google analytcs são usadas para rastrear e medir o uso deste site, para que possamos continuar produzindo conteúdo atrativo.
Esses cookies podem rastrear itens como o tempo que você passa no site ou as páginas visitadas, o que nos ajuda a entender como podemos investir melhor em anúncios no google e melhorar o site para você.
Periodicamente, testamos novos recursos e fazemos alterações sutis na maneira como o site se apresenta.

Este site não retem nenhuma informação pessoal, salvo telefone para atendimento pelo whatsapp

Neste site não há cadastros de usuários ou clientes
Neste site não há serviços de assinatura de boletim informativo ou e-mail
Este site não oferece facilidades de comércio eletrônico ou pagamentos on line, não retemos nenhum dado pessoal, exceto telefone
Neste site não há formulários que coletam informações pessoais, tudo é realizado com seu numero de telefone pelo whatsapp

Como desativar os cookies?

Infelizmente, na maioria dos casos, não existem opções padrão do setor para desativar os cookies sem desativar completamente a funcionalidade e os recursos que eles adicionam a este site.
É recomendável que você deixe todos os cookies se não tiver certeza se precisa ou não deles, caso sejam usados ​​para fornecer um serviço que você usa.
Desativar cookies Você pode impedir a configuração de cookies ajustando as configurações do seu navegador

A maioria dos navegadores é configurada por padrão e aceita a instalação de cookies. No entanto, você tem a opção, se desejar, de aceitar todos os cookies ou optar por não os receber sistematicamente.
Você também pode configurar seu navegador para aceitar ou excluir cookies antes de eles serem instalados conforme o caso.
Você também pode remover regularmente os cookies do seu terminal através do seu navegador.
No entanto, esteja ciente de que, se você desabilitar os "cookies" no seu navegador, não poderá experimentar completamente algumas de nossas páginas. Por exemplo, você não poderá se beneficiar do login automático e de outros recursos de personalização do Nosso Site.
Lembre-se de que você não deve esquecer de configurar todos os navegadores de seus terminais diferentes (tablets, smartphones, computadores ...).
Para o gerenciamento de cookies e escolhas, os meios para configurar cada navegador são diferentes.
Eles estão descritos na seção Ajuda do navegador, que permitirá que você saiba como alterar suas preferências de cookies.
Especialmente, em relação aos cookies de medição de público, você também pode desativá-los da seguinte maneira:

Para os o "Google Analytics"
você pode fazer o download do módulo acessível a partir do endereço a seguir para desativar esses cookies:
https://tools.google.com/dlpage/gaoptout/

Para o Internet Explorer™:
https://support.microsoft.com/en-gb/help/17442/windows-internet-explorer-delete-manage-cookies?ocid=IE10_about_cookies

Para o Safari™:
http://support.apple.com/kb/HT1677?viewlocale=en_US

Para o Chrome™:
https://support.google.com/chrome/answer/95647?hl=en

Para o Firefox™:
https://support.mozilla.org/en-US/kb/enable-and-disable-cookies-website-preferences

Para o Opera™:
http://help.opera.com/Windows/10.20/en/cookies.html


Para mais informações sobre a configuração de cookies:
http://www.aboutcookies.org/

Quando ainda estamos testando novos recursos, esses cookies podem ser usados ​​para garantir que você receba uma experiência consistente enquanto estiver no site, enquanto entendemos quais otimizações os nossos usuários mais apreciam.
À medida que aytraimos clientess, é importante entendermos as estatísticas sobre quantos visitantes de nosso site realmente se interessam 0elos nossos produtos e, portanto, esse é o tipo de dados que esses cookies rastrearão.
Isso é importante para você, pois significa que podemos fazer previsões de negócios com precisão que nos permitem analizar nossos custos de publicidade e produtos para garantir o melhor preço possível.

Esperemos que esteja esclarecido e, como mencionado anteriormente, se houver algo que você não tem certeza se precisa ou não, geralmente é mais seguro deixar os cookies ativados, caso interaja com um dos recursos que você usa em nosso site.

Esta política é efetiva a partir de Outubro/2020.